PUBLICIDADE
Ministério da Saúde aprova protocolo para Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade
05/08/2022 10:27 em Saúde

Documento traz orientações e diretrizes para a condição

 

Publicado em 03/08/2022 16h08 Atualizado em 03/08/2022 16h10 - Matéria retirada do portal do Ministério da Saúde - (https://www.gov.br/saude)

A imagem da capa do site Multisom é meramente ilustrativa e foi retirada de arquivos da internet/Google

 

OMinistério da Saúde aprovou, nesta quarta-feira (3), o protocolo clínico e diretrizes terapêuticas do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). O documento traz critérios de diagnóstico, critérios de inclusão e de exclusão, tratamento e mecanismos de regulação, controle e avaliação. O protocolo tem caráter nacional. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União

De acordo com a publicação, o TDAH é considerado uma condição do neurodesenvolvimento, caracterizada por uma tríade de sintomas envolvendo desatenção, hiperatividade e impulsividade em um nível exacerbado e disfuncional para a idade. Os sintomas começam na infância, podendo persistir ao longo de toda a vida.

As dificuldades, muitas vezes, só se tornam evidentes a partir do momento em que as responsabilidades e a independência se tornam maiores, como quando a criança começa a ser avaliada no contexto escolar ou quando precisa se organizar para alguma atividade ou tarefa sem a supervisão dos pais.

Embora o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade seja frequentemente diagnosticado durante a infância, não é raro o diagnóstico ser feito posteriormente. Ele deve ser realizado por um médico psiquiatra, pediatra ou outro profissional de saúde (como neurologista ou neuropediatra).

Ministério da Saúde

Categoria

Saúde e Vigilância Sanitária

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Image Map